A modernidade estampada nas fachadas

Bruna Marchioretto

Com tamanha responsabilidade, a fachada da casa é conhecida por ser o cartão de visita e já mostra sugestivamente o estilo  que será visto por dentro. Por esse motivo, é preciso bastante atenção na hora de projetá-la. Aliar a estética à funcionalidade e perfil dos donos da casa, neste momento, se faz primordial – afinal, uma entrada útil e agradável pode se tornar triunfal. Nesse contexto, com volumes assimétricos, texturas diversas, linhas retas, cores neutras e vidros diversos, as fachadas modernas ganham destaque. Sua geometria simples traz ainda mais beleza e facilidade de composição, garantindo formas invejáveis. Além disso, os detalhes que unem praticidade à beleza fazem toda a diferença. Por este motivo, pé direito duplo acompanhando também janelas que valorizam iluminação em uma sala de estar, por exemplo, agrega mais valor ao local. Baseando-se nestas características, linhas retas e limpas, iluminação e paisagismo pontual, madeira, concreto e até telhado em platibanda podem caracterizar uma casa moderna quando os materiais – citados à cima – são aplicados com sabedoria em um projeto. Assim, sua objetividade e formalidade as refinam ainda mais por meio de soluções que diferenciam uma fachada comum de uma fachada diferenciada. 

Casa com recortes e aberturas que diferenciaram a fachada

 

O uso de vidro no segundo pavimento valorizou tanto a utilidade de ter luz natural durante o dia quanto a beleza de um pavimento coberto por madeira, concreto e vidraçaria

 

Cores neutras em contraste com a madeira, recortes diferenciados e um pé direito duplo exposto pelo vidro chamam a atenção nesta foto

 

Predominantemente neutra com esquadrias grandes que revelam todo o interior, esta casa é favorecida com muita luz solar

 

Também com grandes esquadrias nas janelas e visível pé direito duplo, esta casa procurou valorizar o revestimento. Assim, aplicou-o em boa parte da fachada, destacando-a

 

Como na maioria das casas modernas, nesta cores neutras e vidraçaria também tem participação latente na parte frontal da casa

 

Quando o assunto é simetria, porque não fazer uma casa com telhados platibanda?

 

Casa cujo planejamento se adequou às curvas de nível, valorizando fachadas modernas por meio de esquadrias e corrimãos em vidro

 

 

Claramente com uma fachada moderna, evidenciada por inúmeras peças de vidro, uso de revestimento e uma volumetria ortogonal

Transforme os ambientes integrados com mais harmonia e originalidade

Daiana Capuci

Com metragens menores, os ambientes da casa estão cada vez mais integrados. Esta opção economiza espaços e deixa o lugar mais amplo e pronto para receber os convidados. Por isso, a Suvinil preparou algumas dicas para deixar a decoração mais original e sofisticada nestes cômodos.

Em ambientes pequenos, a cozinha ganha mais visibilidade ao ser agregada à sala. Nestes caso, é natural encontrar uma harmonia e, às vezes, até uma continuidade da paleta utilizada entre os dois espaços. Uma tendência que está conquistando muitos adeptos é o estilo mais industrial, a indicação é usar paletas em tons mais cinzas, como o Elefante e Crômio, e pitadas de tons quentes, como o laranja queimado Papoula.

Outra integração muito comum quando se quer ganhar mais espaço na casa é juntar a sala com a varanda. Esta opção é ótima para ter um ambiente mais conectado com o exterior. Além disso, uma dica para dar outra vida a decoração é compor o cômodo com jardins verticais. Os vasos de plantas podem ser pendurados nas paredes com ganchos, criando um cantinho perfeito para relaxar.

Investir em objetos multifuncionais também é uma boa alternativa para economizar os espaços. Neste caso, as cores podem trazer mais personalidade aos baús, cadeiras e estantes. Para os mais clássicos, a sugestão é investir em combinações com uma paleta mais terrosa. A mistura do tom Choconhaque com Allure, dão um toque aconchegante ao cômodo. Já para quem quer colocar um pouco de cor no ambiente, opte por tonalidades mais vibrantes nos móveis, como o amareloMostarda Dijon ou Azul-royal. Essas cores podem ser combinadas com tons mais neutros nas paredes.

A pintura é sempre uma opção muito vantajosa, pois ajuda a renovar ambientes e tem um ótimo custo-benefício. Para estes espaços com poucas metragens, a Suvinil indica o produto Maxx Rendimento, que é envasado em latas de 12,5 litros e pinta até 500m2 por demão. Isso equivale à pintura de uma demão de um apartamento de 120m², levando em consideração paredes e teto. O produto rende o mesmo que uma lata de 18 litros e é super fácil de aplicar.

Confira mais inspirações: https://br.pinterest.com/tintassuvinil/

 

Sobre a Suvinil

A Suvinil é a marca de tintas imobiliárias premium da  BASF e lidera a participação no segmento. A marca tem uma estratégia de negócio consistente, pautada em relacionamento com clientes, inovação e fortes investimentos. Adquirida em 1969 pela BASF, que entrava no ramo de tintas globalmente, a Suvinil possui mais de 50 anos de boas práticas, que resultaram numa completa linha de produtos constituída por látex PVA, acrílicos, esmaltes, vernizes, epóxi e complementos para pintura. Seu portfólio, produzido nas fábricas instaladas em São Bernardo do Campo (SP) e Jaboatão dos Guararapes (PE), atende todo o mercado nacional.

Sobre a BASF

Na BASF, nós transformamos a química para um futuro sustentável. Nós combinamos o sucesso econômico com a proteção ambiental e responsabilidade social. O Grupo BASF conta com aproximadamente 114 mil colaboradores que trabalham para contribuir com o sucesso de nossos clientes em quase todos os setores e países do mundo. Nosso portfólio é organizado em 5 segmentos: Químicos, Produtos de Performance, Materiais e Soluções Funcionais, Soluções para Agricultura e Petróleo e Gás. A BASF gerou vendas de mais de € 58 bilhões em 2016. As ações da BASF são comercializadas no mercado de ações de Frankfurt (BAS), Londres (BFA) e Zurich (AN). Para mais informações, acesse: www.basf.com.br.

 

 

Palácio Tangará, o primeiro hotel 6 estrelas de São Paulo

Daiana Capuci
Cercado por jardins tropicais, o Palácio Tangará fora construído em 1990, com o intuito de abrigar um spa de luxo e se tornar o primeiro ‘’seis estrelas’’ na grande São Paulo. No entanto os problemas que surgiram de desentendimentos entre os sócios fizeram com que o local fosse abandonado durante 15 longos anos. Nesse meio tempo, a degradação do local se estendia gradativamente. Visto isso, foram necessários 3 anos para que o grupo alemão Oetker Collection – dono de outros 8 hotéis de luxo localizados mundo à fora -recuperasse-o. Hoje seus 141 apartamentos dividem-se em 13 categorias, abrigando um campo enorme para o decor (especialmente no que se trata do estilo neoclássico, predominante no local). Assim, o palacete de 27 mil metros quadrados hospeda inúmeros clientes que, ao visualizá-lo, ficam encantados com tamanha sofisticação e beleza encontradas ali.♥ Lindo demais….quero logo conhecer
 
 

A identidade no ​morar contemporâneo.

Daiana Capuci

CASA design Interiores aposta na originalidade, simplificação dos espaços e na otimização dos elementos naturais na Sala de Concreto na CASACOR Balneário Camboriú 2017

Ser autoral. Este é um dos desejos das pessoas na contemporaneidade, a possibilidade de expressão por meio das escolhas, das vestes, do gesto, da funcionalidade do corpo concretizada no lar. O jeito de morar da atualidade ganha leitura dos profissionais Moacir Schmitt Jr. e Salvio Moraes Jr, do CASAdesign Interiores, na Sala de Concreto, em exposição na CASACOR Balneário Camboriú (SC). O evento segue até o dia 25 de junho, no Edifício Marina Beach Tower.
 
“Solto, leve, singular, prático e sem amarração. Ninguém quer perder mais tempo, viver no automático. As pessoas querem curtir seus lares, ouvir música, ler um livro e receber amigos. Ter autonomia, um momento para si dentro de casa, aconchego em boa companhia e natureza por perto”, resumem os profissionais.
 
A Sala de Concreto
 
O espaço original, antes de ser ocupado pela dupla, lembrava uma caixa de concreto, localizado num canto do prédio que abriga a mostra. ​Considerado pelos profissionais o lugar perfeito para intervir com boas ideias e explorar a vibe de casa​. As superfícies brutas foram apenas suavizadas ​- lixadas -e harmonizadas com materiais ​atemporais, mais sofisticados. “Adoramos o refinado com o ​conceto, dá equilíbrio, uma cara urbana”, explicam.
 
 
A área de 127m2 virou um amplo living com ambientes acoplados​,​ o estar com a cozinha.Temos uma bancada central de silestone, onde podemos sentar ​em ambos os lados à mesa​, jogar conversa fora​, um hábito comum dos brasileiros​. ​O ambiente equipado também converte numa área de bar e degustação. Priorizamos uma certa privacidade entre os espaços, sem perder a ligação entre eles, delimitada apenas pela escolha dos elementos e da geometria”.
 
 
A madeira natural aquece a presença dura do concreto e do porcelanato que cobre o piso​, ​e ​envolve as paredes da sala e da cozinha. Nesta área também tem função de camuflar armários e é acentuada pelo mobiliário metalizado da Bontempo. “O móvel personalizado na cozinha tem desenho limpo e está alinhado com os eletrodomésticos. Para dar uma quebra na unidade injetamos cor, um azul bic brilho, no módulo do canto do móvel”, comenta Moacir. 
 
 
A luz natural ganha passagem através das aberturas criadas no ambiente pelos profissionais, revelando o ciclo e frescor do dia. “Temos uma janela frontal, bem em frente à floreira, ao lado da sala de jantar. Outra voltada para a parede verde nos fundos da sala. E um rasgo que ilumina a cozinha”, complementa Salvio. 
 
 
Na sala o conforto para relaxar e também receber está nas escolhas das peças. Como o sofá com shape minimalista da italiana Natuzzi, com assinatura dos arquitetos Manzoni e Tapinassi,  sinaliza que ali é lugar para ficar horas. Combinado ao traço do design nacional com destaque para a poltrona Almicar, uma homenagem ao escultor e artista plástico Almicar de Castro pelo estúdio Mula Preta. 
 
 
E mais outros nomes do portfólio nacional – Sergio Fahrer, Jader Almeida, Marcelo Ligieri – que pontuam e complementam a proposta espacial e visual da sala. Obras de arte, em especial a da artista catarinense Fabiana Langaro Loos, e objetos decorativos arrematam o mood proposto pelos Juniors, como são conhecidos e reconhecidos no circuito do décor. A criatividade e originalidade sempre ​são marcantes.
 

Sobre a CASACOR

Pertencente ao Grupo Abril, a CASACOR é reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas. O evento reúne, anualmente, renomados arquitetos, decoradores e paisagistas e em 2017 chega à sua 31ª edição em São Paulo, com 20 praças nacionais (Alagoas, Bahia, Brasília, Ceará, Espírito Santo, Franca, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina), e mais seis internacionais (Miami, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai e Peru).

Serviço:

O QUÊ: CASACOR/BALNEÁRIO CAMBORIÚ

QUANDO: 14 de maio a 25 de junho de 2017 – Terça a Sexta das 15h às 21h

Sábado das 13h às 21h – Domingo das 13h às 19h

ONDE: Marina Beach Tower – R. 3700, 147 – Vila Real, Balneário Camboriú – SC

INGRESSOS: Inteira, R$40/Meia, R$20/Passaporte, R$100

INFORMAÇÕES: (48) 3065-0304

 

Tipos de revestimento para fachadas

Daiana Capuci

As fachadas sempre foram o cartão visita de todo projeto arquitetônico. E fica mais do que claro a importância do seu planejamento e o cuidado na hora da escolha dos materiais para seu revestimento. Para isso podemos contar com uma variedade enorme de opções com as mais diversas decorações. Então, para que você não erre na hora da escolha dos materiais para compor sua fachada, é preciso levar em conta as alterações climáticas, umidade, exposição ao sol e desgaste natural. Vamos mostrar os melhores revestimentos e a vantagem de cada um:

 

Pedra

O uso de pedra no revestimento da fachada agrega uma forte personalidade na decoração, permitindo um design rústico até o moderno. O melhor desse material é seu custo-benefício, pois a necessidade de manutenção é baixíssima e não é preciso a pintura. Há uma variedade imensa no estilo, na composição e no formato, pode ser usado em filetes, mosaicos e blocos. Alguns dos tipos mais usados são: São Tomé, Pedra Ferro ou Vulcânica, Pedra Madeira e Ardósia .

 

Porcelanato

Essa opção é ótima para quem busca uma aparência clean e uniforme para sua fachada. É um material impermeável, o que o torna uma ótima saída para quem mora em locais com alta umidade, pois garante maior durabilidade na obra, garantindo também conforto térmico em seu interior. Sem contar que qualquer decoração fica incrível com esse revestimento, tornando o ambiente sofisticado e contemporâneo.

 

Aço Corten

Esse material, além de moderno é muito mais resistente do que o aço comum, possui também uma forte adaptabilidade e sua aparência mescla com a paisagem natural, sua qualidade é inquestionável. Isso o torna uns dos melhores revestimento para constituir uma fachada, já que seu exterior enferrujado é justamente o que o protege dos agentes naturais corrosivos. Sua manutenção é extremamente baixa além da forte presença que dá à decoração com sua aparência robusta.  Pode ser encontrada em diversos tamanhos e formatos.

 

 

Concreto

O concreto aparente é uma idéia ótima para compor fachadas, é o material mais econômico e sua aparência rústica elimina a necessidade de reboco ou pintura, dispensando assim cuidados freqüentes. Há muitas opções de acabamentos para revestimento com esse material, como o concreto lavado, concreto jateado, entre outros. O exterior com concreto traz uma imagem cru, ao mesmo tempo em que transparece contemporaneidade.

 

Tijolo a vista

Sua principal vantagem é a resistência e a durabilidade, juntamente com o conforto térmico e acústico. Esse material pode ser usado tanto na estrutura como no acabamento, contendo uma variedade de formatos e texturas, sendo as cores mais encontradas: vermelho e alaranjado. Outra super vantagem é sua atemporalidade, pois esse tipo de acabamento nunca sai de moda. Por falar nisso, há muitas idéias para o seu acabamento, podendo ser usado em seu formato original estilo demolição, pintados ou platinados.

 

 

Madeira

Esse revestimento é muito presente nas casas contemporâneas, justamente porque seu design permite compor uma decoração rica e bem marcante. O material é versátil, pois combina com diversos outros, sem tirar sua essência e propriedade. Ao contrario do que muitos pensam, sua durabilidade é enorme, usando verniz ou impermeabilizante o seu desgaste torna-se bem difícil. Sua cor e textura tiram o ar frio da decoração compondo assim uma estética bastante calorosa. É um material prático que pode ser instalado em diversas formas, em filetes, placas ou painéis.

 

 

Conheça os tipos de piso para garagem

Daiana Capuci

Na hora de escolher qual o tipo de piso para garagem é normal que a maioria opte pelas opções mais baratas ou menos atrativas. Isso porque se costuma pensar que é uma área que exige pouca atenção nos detalhes, e, portanto acabam pecando muito na escolha do material. Criamos esse post com o intuito de ajudar você a conhecer os  modelos de pisos e descobrir aquele que melhor combina com a sua casa.

            Ao realizar sua escolha é preciso levar em conta alguns detalhes como a necessidade do espaço e a estética, assim como a função antiderrapante e a baixa permeabilidade, já que há queda de resíduos dos veículos e essas substâncias no solo pode ser prejudicial, além de manchar alguns materiais.

            Vamos aos tipos de pisos:

Porcelanato:

O porcelanato tem baixa permeabilidade, o que ajuda na contenção de líquidos vazados em sua superfície, porém é um material bem liso e escorregadio. Sua vantagem é a grande resistência, o que se torna um alvo bem promissor para constituir um piso de garagem. Além da estética ser muito atrativa.

 

Ladrilho Hidráulico:

            É um material antiderrapante, mas possui muitos poros, o que pode resultar no acúmulo de gordura oriunda dos veículos e deixá-lo manchado e com aparência de sujo. Para isso recomendamos as cores mais escuras. É uma ótima opção por ter uma alta resistência e pouca incidência de desgaste.

 

Piso de concreto:

            Essa alternativa é a mais econômica e seu revestimento pode ser aplicado de diversas formas, liso ou com acabamento (mais conhecido como cimento queimado). Tudo depende da decoração que se quer atingir. Esse tipo de piso pode ser usado também como contra-piso para maior facilidade na instalação de outros pisos.

 

 

Piso Cerâmico:

            Esse tipo de piso é muito prático em se tratando de limpeza, além de ser bastante versátil para diversos tipos de decorações. Porém esse material é menos resistente do que o porcelanato legítimo. É o material mais comum encontrado na elaboração de garagens.

 

Piso Cerâmico emborrachado:

            É totalmente antiderrapante porém a sua limpeza já é um pouco mais complicada. Seu design permite dar ao ambiente um aspecto bem interessante com diversas opções na hora de decorar. Esse piso pode ser aplicado em placas emborrachadas ou com um revestimento de pintura emborrachada sobre algum outro piso tradicional.

 

Piso de Pedra:

            Essa é uma ótima pedida. O piso de pedra é altamente resistente e sua estética rústica pode deixar o espaço bem sofisticado. Seu custo é um pouco mais elevado, porém a durabilidade é extremamente alta e sua manutenção é fácil.

        

Concregrama:

           Também conhecido como piso grama, é vazado e permite o cultivo de grama. É altamente drenante e semipermeável, facilita muito o tráfego de carros e pode trazer ao ambiente um aspecto bem natural, permitindo brincar com diversas decorações.

 

Nossa arquiteta e urbanista, Sarah Teves recomenda sempre pesquisar sobre sua escolha com referência à NBR 15 575, porque assim vai dar à você uma boa base na orientação do desempenho técnico do material utilizado, de maneira com que sua obra tenha melhor durabilidade. Portanto é fundamental que haja uma atenção extra na construção dessa área ao mesmo tempo em que se pode criar espaços decorativos incríveis. Para isso deixamos alguns modelos para você se inspirar:

 

 

Relax , Ferias ….Desconectar……

Daiana Capuci

Tempo de festas, reencontrar a família….e também de descansar, refletir recarregar as energias, dar uma volta na praia, aproveitar o vento fresquinho da montanha, curtir o feriadão longo pra ler, ouvir música, ver os amigos. Por isso, nada mais justo aproveitar um momento de paz e tranquilidade. A época nos abraça com idéias escapistas, a mente exige desconectar para outro nível de consciência onde a única obrigação seja a contemplação. Leve como o vento, quente como o sol… o corpo fala… feche os olhos e de uma pausa no seu avatar virtual.

Hora de aproveitar esse recesso e descansar corpo e mente, então ai vai algumas imagens para inspirar essas feriassss.  Feliz 2016♥

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Paisagismo clássico e atual de Gilberto Elkis

Daiana Capuci

Nós do Studio It Decor somos fãs dos projetos paisagístico de Gilberto Elkis, ele tem muito conhecimento técnico e botânico e  inspirações das diversas expressões de arte para proporcionar beleza e inovação.

Esse post via Casa Vogue, não resistimos de tanta beleza e inspiração, uns dos trabalhos mais lindos do paisagista Gilberto Elkis, então vamos a ele;

Quem chega a essa nobre residência, instalada em um terreno de 2.285 m², em São Paulo, tem logo a certeza de que seu projeto de paisagismo tem estilo clássico, inspirado na sobriedade, na imponência e na simetria dos tradicionais jardins franceses. Não há nada de errado em tal constação, e até mesmo Gilberto Elkis, o autor da obra. Um olhar mais demorado, no entanto, revela intervenções contemporâneas pontuais, capazes de confundir os olhos e trazer autenticidade.

 

Na área externa de 1.283 m², Gilberto Elkis quis refletir o estilo neoclássico da residência e, ao mesmo tempo, adicionar ousadia em alguns pontos. Os responsáveis pela quebra da estética clássica são os painéis espelhados, que ampliam e multiplicam a visão.

Em meio à harmonia e à simetria premeditadas para o jardim, os espelhos generosos brincam sutilmente com os olhos ao refletir a paisagem verdejante. “Esses painéis reproduzem toda beleza e equilíbrio de um jardim clássico, evidenciando as linhas geométricas do traçado, que revela círculos, retângulos e semicírculos. A ideia era ampliar visualmente o local e atribuir um ar mais contemporâneo ao jardim.”, revela Gilberto Elkis.

A piscina serviu como ponto de partida. Ela foi moldada como uma escultura, em posição de destaque e elevada 40 cm do chão. Depois, chegaram as plantas para emoldurá-la – espécies como Murta, Kaizuka, Azaleia, Tuia-Jacaré, Viburno, Capim dos Pampas e Grama Esmeralda.

INSTAGRAM

INFORMAÇÕES

Endereço: R. Rio Grande do Sul, 1549 - 06 - Centro

Campo Grande - MS

contato@itdecor.com.br

© 2017 Studio It Decor - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Inovar Soluções Web