Primeiro apartamento de um casal jovem que herdou um imóvel da família. Essa reforma teve várias reformas importantes em sua infraestrutura para atender às demandas dos novos proprietários. Primeiramente, o quarto de serviço foi convertido em uma despensa e em um lavabo voltado para a sala de estar, já que o casal gosta de receber amigos para jantares e festas. Um dos três quartos foi transformado em suíte para receber com mais conforto a família da cliente que é de outra cidade e vem constantemente visitá-los. Por ser um quarto bem amplo, uma parte do ambiente foi convertido no novo banheiro sem comprometer o espaço. A suíte existente se tornou o quarto do casal que foi ligada ao segundo quarto transformado em closet.

No entanto, o closet foi pensado de forma que quando eles tenham o primeiro filho seja simples a transformação em um quarto de bebê. Por fim, foi aberta uma janela conectando a sala com a cozinha, pois o rapaz gosta de cozinhar para os amigos e assim ele poderia interagir com os convidados. Na parede que tem a abertura para a cozinha foi feita uma estante que funciona também como bar com cervejeira e adega.

Um painel de correr embutido na estante foi projetado para possibilitar que a janela para a cozinha seja fechada quando for necessário. Uma vez aberto, o painel fica totalmente escondido por trás da estante. Essa abertura ainda se transforma em um balcão com dois lugares na sala e dois na cozinha. Esse balcão é usado para as refeições durante a semana e como apoio para o bar quando o painel estiver fechado. A sala foi pensada com um estilo bastante jovem para balancear o piso de tábua corrida com um tom um pouco mais escuro. A parede de frente para a TV foi feita com réguas de concreto armado construídas no local que contrasta com o móvel em laca azul colocado ao longo dela. Para quebrar a dureza do concreto, a parede imediatamente ao lado recebeu uma arte desenvolvida no local pelo próprio escritório, que incluía tons usados por todo o ambiente.

O resultado dessa combinação de acabamentos foi uma sala urbana e descolada. Já a cozinha teve inspirações retrô com seu tom de azul esverdeado e madeira clara nos armários. O revestimento das paredes é uma pastilha hexagonal branca que foi muito usada na década de 50 e 60. O ambiente ficou claro e calmo, contrastando com o “barulho” vindo da sala. Os quartos receberam tons neutros e claros que, juntamente com o piso de madeira, conferiu aos espaços uma atmosfera de tranquilidade. No quarto do casal foram usados ladrilhos hidráulicos amarelos para fazer uma cabeceira diferente para a cama. Por ser um material de produção artesanal cada ladrilho tem um tom diferente do outro e quando são colocados lado a lado criam um mosaico monocromático.

O banheiro da suíte do casal foi revestido com vidrotil transparente e recebeu piso imitando concreto da Portobello, e o piso de dentro do box é um porcelanato simulando madeira. O aspecto neutro do ambiente foi quebrado pela cor preta do armário que agregou sofisticação ao espaço. No banheiro social foi usado o mesmo porcelanato imitando concreto para revestir piso e paredes com exceção da parede principal que foi revestida com uma cerâmica imitando tijolinhos com textura em 3d, dando maior destaque à essa parede.

 

 

 

Você pode gostar

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *